Preferência por compra física impulsiona comunicação visual

4 de agosto de 2022

Pesquisa mostra que consumidor prefere comprar perto de casa e amplia atuação do setor de embalagem, como na Mazurky

Apesar da tendência mundial de crescimento das compras online, boa parte dos consumidores ainda prefere ir até o local para comprar. É o que mostra a pesquisa “Impactos da Mobilidade Urbana no Varejo”, divulgada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, em parceria com o SPC-Brasil e o Sebrae. O comércio perto de casa é preferência de 77% das pessoas.

Os entrevistados também responderam sobre o tipo de estabelecimento onde mais fazem compras.  As lojas de rua foram as mais citadas: 57%. Em seguida, estão os shoppings centers, que foram mencionados por 15% dos consumidores.

Diante do cenário, a comunicação visual ganha destaque, somada ao compromisso ambiental, uma vez que os consumidores também estão cada vez mais exigentes com quem ofereça, além de um bom serviço, boas práticas de sustentabilidade.  Percebendo as francas possibilidades e esse comportamento do consumidor, indústrias fabricantes de embalagens vêm ampliando sua atuação. É o caso da Marzurky, empresa de embalagem de papelão ondulado, instalada em Mauá (SP), que investiu recentemente em equipamento importado da Europa, com tecnologia inédita no setor brasileiro. A máquina reproduz imagens com qualidade de fotografia em chapas de papelão ondulado, papel cartão e polipropileno ondulado.

Um dos itens produzidos pela máquina é a “Cestinha Sustentável”, criação dos empreendedores Marcus Santarem e André Souza e que, além da questão ambiental, também funciona como uma potente propriedade de mídia, onde os anunciantes podem promover suas marcas, através da impressão das artes em alta resolução diretamente sobre o papelão. “As cestinhas podem ser personalizadas, estampando o logo da empresa e destacando a associação da marca a um produto ecológico”, fala o diretor da Mazurky, Eduardo Mazurkyewistz. “Com a retomada das atividades após o período mais crítico da pandemia, esse é um instrumento para um novo modelo de negócio e de fonte de receita com publicidade, além do viés ambiental”, completa.

O equipamento que faz a comunicação visual da cestinha tem capacidade para produzir 30.000 unidades por dia e também prioriza a sustentabilidade. “A impressão digital jato de tinta de passagem única para embalagens de papelão ondulado contribui para uma economia circular real graças à redução dos custos de superprodução, desperdício e armazenamento”, diz Mazurkyewistz. “Outro ponto de destaque é a cura por LED, que reduz o consumo de energia e elimina o uso de água para lavar impressoras e tintas”, acrescenta.

Matéria-prima

O papelão reciclado corresponde à 70% da matéria prima da Cestinha Sustentável. O produto suporta até oito quilos e conta com uma proteção impermeável para receber alimentos resfriados e/ou congelados, podendo substituir as tradicionais cestas utilizadas em supermercados, farmácias e demais estabelecimentos comerciais.

A Cestinha Sustentável ainda pode ser reutilizável em até 7 ciclos. Ao final da sua vida útil, pode ser transformada em composto orgânico rico em nutrientes minerais em até quatro meses, sem contaminar o meio ambiente, como os plásticos que levam até 400 anos para se decompor.

“O comportamento do consumidor muda de acordo com as tendências e isso exige inovação para se ter competitividade. Para poder atender às necessidades dos novos padrões de consumo e expandir os nichos, é necessário que a indústria também acompanhe isso e se reinvente, pois há uma demanda que nem o próprio mercado sabe que tem e que, até agora, ninguém era capaz de absorvê-la”, conclui diz Mazurkyewistz.

Sobre a Mazurky

Há mais de uma década no mercado, a Mazurky é uma empresa especializada no desenvolvimento e fabricação de caixas de papelão e acessórios de papelão ondulado. Localizada em Mauá, ao lado do Rodoanel, na região do ABC Paulista, a organização investe em tecnologia de ponta, com equipamentos de última geração e alta capacidade para a produção de embalagens em todos os tamanhos e formatos, podendo ser produzidas desde o Kraft pesado ao papelão reciclado.

Assessoria de Imprensa:

Predicado Comunicação

Carolina Fagnani – carolina@predicado.com.br – (11) 9 9144-5585 WhatsApp

Vanessa de Oliveira – vanessa@predicado.com.br – (11) 9 7529-0140 WhatsApp

Patrícia Soares – patricia@predicado.com.br (11) 9-9571-7400 WhatsApp